Jornada Mundial pela Prevenção das Úlceras por Pressão

Prevenção Úlceras

A assinalar o dia mundial de prevenção das úlceras por pressão (UPP), a 16 de Novembro, foi organizada pelo GAIF (grupo associativo de investigação em feridas), uma formação incluída na jornada mundial, que decorreu em vários países do mundo, tentando desta forma criar um alerta global para a problemática das UPP.

As UPP são um grave problema de saúde pública, com graves repercussões, quer económicas, quer sociais. Na Europa, estima-se que haja 60.000 mortes por ano relacionadas com as UPP.

Estima-se que o custo com o tratamento das UPP ronde os 600 milhões de euros anuais - aumento significativo do número de dias de internamento hospitalar, custo com materiais de penso, bem como com o tratamento dos resíduos daí provenientes.

Em Portugal, e dado que os estudos são escassos, estima-se uma incidência de UPP em 12,5%. Isto levou a que os hospitais portugueses, em colaboração com a Ordem dos Enfermeiros, criassem o projecto da melhoria dos cuidados de enfermagem (grupo profissional com elevada importância na preven- ção) e dentro desse projecto consolidar a implementação de projectos de melhoria na prevenção e tratamento das UPP, levando a que desta forma fossem também criados registos que possam identificar a situação actual das UPP já existentes, bem como das medidas de prevenção a serem tomadas.

 

Declaração do Rio de Janeiro sobre Prevenção de UPP, 2011

"As úlceras de pressão são um grave problema de saúde pública que afecta a vida de milhões de pessoas no mundo, deteriorando a sua saúde, qualidade de vida e que pode conduzir à incapacidade e à morte."

 

Através da implementação de medidas preventivas, considera-se, actualmente, que a maioria das UPP são evitáveis, sendo considerado um indicador de qualidade dos cuidados de saúde prestados à população.

A prevenção das UPP baseia-se em dois pilares fundamentais: identificação do risco, com recurso a um instrumento de avaliação (Escala de Braden) que permite quantificar o risco de um doente desenvolver UPP; e através da observação cuidadosa da pele e implementação de medidas preventivas adaptadas a esse mesmo risco.

 

População em risco de desenvolver UPP

- Pessoas imobilizadas/ acamadas;
- Pessoas com sensibilidade diminuída;
- Utilizadores de cadeira de rodas;
- Internamentos em Unidades de
- Cuidados Intensivos;
- Intervenções cirúrgicas prolongadas;
- Bebés prematuros.

 

Na Amera a prevenção das UPP é levada muito a sério por toda a equipa, por termos noção clara do sofrimento que o seu surgimento acarreta.

Por isso nos preocupamos em manter a equipa bem formada e actuante, de acordo com as guidelines de prevenção SSKIN (ver caixa), por um lado, e em ter sempre disponível o material mais adequado para alivio da pressão, por outro.

 

Prevenção SSKIN

- Surface (S) – material para alivio da pressão
- Skin inspection (S) – exame da pele
- Keep your patient moving (K) – posicionamentos
- Incontinence/Moisture (I) – prevenir lesões por humidade
- Nutrition/Hydration (N) – nutrição e hidratação adequadas

Dr.ª Catarina Pereira
Enf.ª Sandra Cabral
Enfermeira

A Amera foi fundada em 2004, na Quinta da Torre d´Aguilha, em Carcavelos, onde estabeleceu a sua primeira residência. Em 2012 inaugura a segunda unidade, em Faro, e, em 2025, planeia nova abertura, no Estoril.

Clean & Safe

Livro de Reclamações

Carcavelos

Email: info(@)amera.com.pt

Telefone: (+351) 214 447 530

Morada: Seminário da Torre d’Aguilha 2785-599 S. Domingos de Rana

Faro

Email: info(@)amera.com.pt

Telefone: (+351) 289 803 747

Morada: Rua Natália Correia, nº 7 8005-143 Faro